8 mitos sobre relacionamentos não monogâmicos

A procura por formas alternativas de se relacionar aumenta dia após dia. Mas quanto mais se fala sobre, também mais se reproduz os mitos decorrentes do medo do diferente.

Viemos nesse post contrapor os oito mitos mais ouvidos, responsáveis pelo receio de muitas pessoas interessadas em se lançar no mundo não monogâmico.

1. “São para quem não quer compromisso”

O primeiro erro comum é atribuir à não monogamia o status de bagunça. Como se ao não aderir a um modelo pré-estabelecido, não pudesse aderir a nenhum outro. Mas, sim. Pode haver compromisso, regras, acordos e combinados em qualquer modelo adotado. Porém estes são pensados, conversados, definidos e experimentados pelos próprios envolvidos e não ditados por pressão cultural.

2 – “São para pessoas que não amam de verdade”adult-affection-bed-414032

É verdade que somos criados sob a visão de um amor exclusivo, e ainda que muitas pessoas não consigam nem mesmo definir o que é o amor para elas, conseguem listar suas regras. Mas a visão do amor que nos é ensinada não é uma verdade absoluta, portanto suas regras também não o são.

Então sim, muitas pessoas conseguem e aceitam amar intensamente mais de uma pessoa ao mesmo tempo, pois não se prendem aos conceitos tradicionais. Inclusive é bem mais comum essas pessoas terem definições pessoais do que é o amor mais definidas e normalmente envolvendo menos regras.

3 – “Só querem ter mais sexo”

Normal pensar que por se ter uma liberdade maior, você terá uma vida sexual mais intensa. Mas o que percebemos é que existe uma grande procura por outros afetos, não só o sexual. Embora a diversidade possa apimentar, as pessoas se mantêm as mesmas, com desejos e necessidades múltiplas e complexas para serem resumidas a um único ponto.

4 – “Relacionamentos assim não duram”

Os relacionamentos não monogâmicos não têm mais ou menos conflitos ou dificuldades. Eles só os tratam de forma diferente, com mais conversas, menos egoísmos, muitas vezes até com mais empenho em resolver.

No entanto, o que há é uma noção de liberdade maior para não se prender em um relacionamento muitas vezes já falido. Contudo, quando duram costumam ser muito sólidos e sinceros.

5 – “Isso é para pessoas que estão confusas”

O que acontece é geralmente o oposto. As pessoas não monogâmicas possuem uma maior clareza do que querem e de como querem. Isso ocorre, muito provavelmente, pelas reflexões e conhecimento que vão sendo adquiridos ao se romperem padrões. Momento em que muitas vezes nos sentimos perdidos antes de começarmos a entender o novo mundo (um dos motivos de existir da Antheia).

6 – “Só funcionam com quem não sente ciúme”

O ciúme pode estar atrelado a uma insegurança ou simplesmente uma reprodução cultural, portanto pode ser ponderado e por vezes superado. Mas sua existência não impossibilita nenhuma tentativa, pois a partir do momento que entendemos de onde vem o ciúme, conseguimos dominá-lo.

Outro ponto importante sobre o ciúme, é que ele faz parte da sua individualidade, podendo existir paralelamente ao respeito pela individualidade do outro.

7- “Abrir, ajuda a salvar o relacionamento”

Outro mito em que geralmente ocorre justamente o contrário. Abrir a relação quando está tudo dando errado não vai salvá-la e sim gerar mais problemas. Isso porque para abrir, é necessária uma cumplicidade e bastante conversa, seja para definir limites ou pelo menos para entender os motivos, expectativas e necessidades de cada um.

Indicamos resolver as questões internas antes de envolver outras pessoas, pois preciso ter responsabilidade e proteger não somente a relação, mas os futuros envolvidos.

8 – “A pessoa já nasce assim”

Aqui não queremos falar de biologia ou nada parecido, mas simplesmente pontuar que apesar de algumas pessoas terem mais facilidade para romper com as normas culturais, todos que quiserem podem fazer o mesmo.

Isso não significa que todos tenham que romper, apenas que todos podem. Basta querer e tentar, aprender, se conhecer, se permitir. Mas ninguém nasce preparado para quebrar padrões, isso se conquista.

aroma-art-beverage-1251175.jpg

Moral da história

Se você tem interesse em experimentar qualquer coisa fora do tradicional é necessário utilizar um filtro de pré julgamentos, pois muito do que se reproduz é medo e puro preconceito. Desapegar de conceitos tão enraizados pode ser trabalhoso, mas tende a ser muito libertador e prazeroso.

Um comentário sobre “8 mitos sobre relacionamentos não monogâmicos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s